Profilaxia Dentária

Assim como nós humanos os animais de estimação também tem problemas dentários. Imagine como seriam os nossos dentes sem o habito diário da escovação?

Esses tipos de problemas são  comuns entre os animais e geralmente depois dos cinco anos se iniciam com uma simples inflamação das gengivas e com o passar  do tempo, sem os devidos cuidados,  podem acabar destruindo todos os tecidos de sustentação dos dentes provocando  dor, o amolecimento e a queda dos mesmos.

O mau hálito indica a existência de problemas dentários, e quanto maior for o acúmulo de restos alimentares, pêlos, tártaro e pús,  pior será o odor exalado, e sempre irá  existir a presença de bactérias na boca que podem se instalar em outros órgãos através da corrente sanguínea, causando doenças de comprometimento geral do organismo. Como exemplo temos a endocardite bacteriana, levando a insuficiência cardíaca.

Preste atenção em seu animal de estimação, e se ele apresentar mau hálito, sensibilidade ou sangramento das gengivas, acúmulo de tártaros,  dificuldade em mastigar ou até mesmo perda de dentes, procure rapidamente uma orientação veterinária competente para resolver esse problema ainda no início das lesões. Em alguns casos há mudanças no comportamento do animal, este passa a ficar mais irritado ou nervoso.

A prevenção através de escovação periódica,  de preferência diária, do fornecimento semanal de biscoitos e couros anti-tártaro é a melhor maneira de agir,  porém quando já existem sinais dos problemas dentários devemos  é fazer  uma consulta e realizar uma limpeza bucal através de um equipamento apropriado, ultra-som dentário por exemplo.

Existem outros fatores que predispõem o animal aos problemas dentários, como a raça, o tipo de alimentação, doenças infantis,  etc, e a melhor opção é sempre procurar a  orientação de um Médico Veterinário.

Lembre-se sempre que os animais também sofrem com a dor de dentes e nós devemos atuar de forma a evitar essa dor e o mau hálito contribuindo para melhorar a sua qualidade de vida em qualquer idade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *